Avião que ia buscar paciente em Diamantina sofre acidente durante pouso

Avião que ia buscar paciente em Diamantina sofre acidente durante pouso
Avião que ia buscar paciente em Diamantina sofre acidente durante pouso

Uma aeronave de pequeno porte que vinha de São Paulo para buscar um paciente sofreu acidente durante pouso na manhã deste sábado (2), no Aeroporto Juscelino Kubitschek, em Diamantina, na região Central de Minas. Dentro da aeronave da empresa Brasil Vidas Taxi Aéreo estavam uma médica, um enfermeio, além do piloto e copiloto. Três vítimas tiveram ferimentos leves e uma saiu sem nenhum ferimento, segundo o Corpo de Bombeiros.

As vítimas foram socorridas, inicialmente, pelos Bombeiros e depois o SAMU prestou socorro. Elas foram encaminhadas para uma unidade hospitalar da cidade. Segundo a empresa responsável pela aeronave, todos os tripulantes já foram embarcados em outro avião da empresa para Goiânia, onde serão levados a um hospital privado.

Ainda de acordo com a empresa, o paciente que seria transportado de avião para SP já foi conduzido para a unidade de saúde. A empresa desmetiu a informação de que era paciente com Covid-19. "A empresa foi contratada para uma missão particular no município e enviou outro avião para o atendimento - que já foi realizado.  O paciente a ser atendido não tem diagnóstico positivo para a doença (Covid-19)", comunicou.

O incidente ocorreu durante o pouso na cabeceira da pista no aeroporto, segundo a empresa responsável pelo jato, o bimotor saiu da pista no momento da aterrisagem. Pessoas que estavam no local também relataram aos militares que o avião saiu da pista no momento do pouso.

As informações sobre a dinâmica e causa do aciente estão sendo checadas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), das Forças Aéreas Brasileiras.

Nesta manhã, os Bombeiros monitoraram a aeronave, que pouco antes das 11h ainda estava com as turbinas ligadas. Os militares aguardaram o combustível ser consumido por completo para realizar trabalho de prevenção de incêndio e explosão. 

Infraero e a Aeronáutica foram acionadas para os trabalhos de perícia. A reportagem tentou contato com as duas empresas, mas, até às 17h30 do sábado (2) não havia tido retorno.

As vítimas envolvidas no acidente são o enfermeiro João Carlos Barbosa, a médica Amanda Gabriela Dourado, o co-piloto Eduardo Valim Macena e o piloto Mauricio de carvalho. 

Documentações

Por meio de nota, a Brasil Vidas Táxi Aéreo informou que toda documentação do bimotor está em dia. "O jato possui todas as certificações e autorizações necessárias válidas junto à
Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), portanto, perfeitamente apto a operar em qualquer parte do Brasil. O avião opera com manutenção rigorosamente emdia, sob responsabilidade de empresa devidamente certificada', comunicou a empresa.

A aeronave é um modelo Learjet 31A, bimotor, que tem capacidade para 10 passageiros. O modelo é produzido pela empresa americana Learjet e é muito usada pela transporte aeromédico.

 

Fonte: O tempo