Defesa Civil de Fabriciano conquista 1º lugar nacional em prêmio de Boas Práticas com construção de praças em áreas ribeirinhas

Defesa Civil de Fabriciano conquista 1º lugar nacional em prêmio de Boas Práticas com construção de praças em áreas  ribeirinhas
https://youtu.be/XiUcmXRbL4Q

O trabalho desenvolvido pela Defesa Civil de Coronel Fabriciano para conter o avanço de
ocupações irregulares em áreas ribeirinhas foi considerado referência pelo Sistema Nacional
de Proteção e Defesa Civil. O município conquistou o primeiro lugar no prêmio nacional de
Boas Práticas do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), na categoria Gestão
Sistêmica, dentre centenas de iniciativas inscritas em todo o Brasil.
A solução encontrada pela Prefeitura de Fabriciano foi construir praças e equipamentos de uso
coletivo, com baixo custo de execução, para minimizar o problema e garantir a socialização das
famílias do entorno do Rio Piracicaba. A iniciativa foi adota com sucesso nos bairros Dom
Helvécio (Prainha) e Mangueiras, pontos críticos de alagamento e ocorrências ambientais.
Antes, estes pontos eram usados como área de descarte irregular de entulho e lixo, situação
que se agravava no período chuvoso, afetando a saúde e qualidade de vida população.
“Esse reconhecimento nacional mostra que o nosso esforço tem valido à pena ao reduzir riscos
e danos ambientais garantindo segurança e qualidade de vida à nossa população, sobretudo,
pessoas que moram em áreas de risco. O interessante da iniciativa é a capacidade de o
município transformar a realidade local com soluções de baixo custo e impacto direto e
permanente na vida dos moradores. Antes, eram pontos de descarte de lixo; hoje, são locais
de lazer e atividades físicas com reconhecimento nacional”, comemora Laura Linhares Faria,
coordenadora de Prevenção de Risco.
A inciativa conta com a parceria das Secretarias de Governança Urbana, Planejamento e Meio
Ambiente e de Obras e Serviços Urbanos, responsáveis pelo projeto arquitetônico e execução
das obras, respectivamente.
QUALIDADE DE VIDA
Os espaços públicos de lazer e esportes foram construídos pela Prefeitura de Fabriciano no
final do ano passado, levando em consideração às particularidades e necessidades das
comunidades locais. Na execução, foram usados itens com baixo custo e impacto como
pavimento que permite a permeabilidade do solo e sistema drenagem para fluxo hídrico em
situação de cheias.
No Dom Helvécio, foram construídos campo de futebol, playground, praça e reservado
um espaço para implantação de uma futura horta comunitária, numa área total de 2,7
mil m² na região da Prainha. Já no Mangueiras, o equipamento público fica às margens da Av.
Juscelino Kubitschek e hoje abriga um polo do Mexa-se, programa municipal de promoção da
saúde por meio de atividades físicas gratuitas e acompanhamento multiprofissional.

Para construir os espaços multiuso, a Prefeitura investiu cerca de R$ 200 mil em cada uma das
áreas de lazer e esportes, que contam ainda com acessibilidade completa, lixeiras e
iluminação de LED. Os recursos são provenientes de Compensação Financeira pela
Exploração de Recursos Minerais (CFEM).
APRESENTAÇÃO
O caso de Fabriciano foi apresentado nesta quinta-feira, 14/10, às 14h40, em transmissão ao
vivo realizada pelo canal do youtube do MDR durante a Semana Nacional de Redução de
Desastres, com apresentação das práticas vencedoras em cada uma das seis categorias. Além
de conquistar o primeiro lugar dentre os 17 projetos selecionados de todo o Brasil na categoria
Gestão Sistêmica, a iniciativa de Fabriciano vai compor um banco de boas práticas do órgão
nacional.
O certificado foi emitido na semana passada pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa
Civil. O objetivo do prêmio nacional é dar visibilidade as práticas inovadoras já implantadas e
com resultados que possam ser adaptadas e replicadas em outros municípios.