Deputado Celinho que propõe a redução de 50% do ICMS da energia elétrica para Editoras, Livrarias e Sebos

Deputado Celinho que propõe a redução de 50% do ICMS da energia elétrica para Editoras, Livrarias e Sebos
https://youtu.be/XiUcmXRbL4Q

A Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária aprovou parecer de 1° turno do Projeto de Lei (PL) 2.442/21, Recomeça Minas. 

Nessa etapa, a emenda do deputado Celinho que propõe a redução de 50% do ICMS da energia elétrica para Editoras, Livrarias e Sebos, além das gráficas – que já constava no texto original foi aprovada.

O deputado Celinho vem discutindo alternativas e fazendo propostas para aperfeiçoamento do PL. Entre as suas sugestões estão a redução de ICMS para as escolas, postos de saúde, hospitais e demais  órgãos públicos estaduais e municipais, o que economizaria recursos do Estado e aliviaria as prefeituras. 

Na iniciataiva privada, Celinho defende a redução nas contas de luz para estabelecimentos de assistência médica e hospitalar e distribuição de insumos e materiais de atenção à saúde; no transporte público de passageiros, incluindo os escolares; nos setores setores têxtil, de vestuário, da moda, bicicleta e da construção civil. 

Outra área que Celinho tem defendido é a do abastecimento de gêneros de primeira necessidade, feito por micro, pequenos e médios estabelecimentos e os produtores rurais  pequenos e médios e de agricultura familiar. 

“Algumas poucas emendas foram aprovadas hoje. Uma delas foi apresentada por mim. Creio que há muito ainda que corrigir e avançar. Mas estamos tentando dar um passo de cada vez. Quando a proposta voltar em segundo turno para a Comissão, pretendo insistir no apoio aos setores que tenho defendido” - DEPUTADO CELINHO SINTROCEL

Foto: Clarissa Barçante/ALMG