Fabriciano fecha primeira semana de volta às aulas com bons números e nenhum caso de infecção

Fabriciano fecha primeira semana de volta às aulas com bons números e nenhum caso de infecção

O balanço apresentado nesta sexta-feira, 22, mostra que a presença dos alunos em sala de aula na primeira semana de aulas presenciais ficou em torno de 70% do esperado. Considerando o feriado de aniversário da cidade, dia 20, quando não houve expediente nos órgãos públicos, são 4 dias de aulas de forma alternada. Um grupo de alunos teve aulas na segunda, quarta (feriado) e sexta. O outro, terça e quinta. Na próxima semana, o rodízio continua.

A Gerência do Sistema Municipal de Educação da Secretaria de Governança Educacional informa que a conferência dos números dia a dia mostra uma estabilização na frequência e a tendência é que os faltosos retomem os estudos na próxima semana.

“Estamos certos que os alunos que ainda não compareceram se farão presentes para que não fiquem atrasados nos estudos em relação aos demais. Agora é pra valer! Quem não frequenta as aulas agora é falta”, afirma Cristina Soares, Gerente do Sistema Municipal de Educação.

A Secretaria de Governança Educacional faz monitoramento em todas as escolas com a presença de monitores e da equipe pedagógica durante todos os dias, conferindo de perto a aferição de temperatura e o bem-estar das crianças e dos professores.

“Olhamos sala por sala, professor por professor, aluno por aluno. Ninguém se queixou de mal estar ou qualquer sintoma e o controle foi muito rigoroso. Graças a Deus, a saúde prevaleceu até agora e a educação saiu ganhando”, disse Carlos Alberto Serra Negra, Secretário de Governança Educacional.

Os protocolos adotados em Coronel Fabriciano para permitir a volta às aulas são: Aferição da temperatura na entrada da escola, higienização com álcool gel, distanciamento entre carteiras, distanciamento nas filas e refeitórios, uso escalonado dos banheiros, máscara e protetor facial. A prefeitura autorizou o retorno das aulas para os alunos da educação infantil (4 e 5 anos), do ensino fundamental (1º. ao 9º. Ano) e  da EJA – Educação de Jovens e Adultos. As crianças menores de 4 anos (creches) aguardam protocolo aprovado pelas autoridades de saúde.

Coronel Fabriciano possui 24 unidades educacionais. O retorno abrange 19 escolas e cerca de 7.500 mil alunos.