Fabriciano vacina pessoas sem comorbidades com mais de 40 anos neste sábado

Fabriciano vacina pessoas sem comorbidades com mais de 40 anos neste sábado
https://youtu.be/XiUcmXRbL4Q

A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria de Governança da Saúde, realiza neste sábado, 17/7, mais um mutirão de vacinação contra Covid-19. O público-alvo nesta nova etapa é pessoas sem comorbidades entre 40 e 44 anos.

 

Até o momento o município vacinou cerca de 40 mil pessoas com a 1ª dose e outras 15 mil com as duas doses. O avanço da imunização ocorre de acordo com o Plano Nacional de Imunização (PNI) e obedece aos critérios estabelecidos. Os mutirões são organizados visando dar fluidez aos grupos de vacinados conforme o envio de novos lotes de doses por meio do Governo do Estado.

 

Neste sábado, 17, todas as equipes de vacinadores foram mobilizadas para atuarem nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). A vacinação começa às 8h da manhã e termina às 16h.

 

Para evitar fraudes, o município adotou critérios rígidos. Os moradores recebem o agendamento, constando a data e horário para que compareçam à unidade de referência, portando um documento com foto.

 

Para evitar duplicidade na vacinação, a Secretaria de Governança da Saúde exige ainda a apresentação do CPF. A conferência é rápida e impede que pessoas já vacinadas no município ou em outras localidades possam burlar o sistema e receber doses a mais ou indevidas.

 

O Secretário de Governança da Saúde, Ricardo Cacau, ressalta a importância do agendamento como estratégia para evitar também aglomerações. “Temos visto pessoas comparecerem fora do horário para vacinar cedo. Nós pedimos a todos os fabricianenses que respeitem o agendamento, que tenham tranquilidade e compareçam no horário marcado. Se alguém vai fora do horário agendado prejudica o próximo e gera aglomeração sem necessidade”, disse.

 

A secretaria orienta a quem não recebeu o agendamento que procure o Agente Comunitário de Saúde (ACS) ou o enfermeiro da Estratégia de Saúde da Família (ESF) de referência. Pelo agendamento é possível também conhecer o histórico de saúde da pessoa uma vez que são anotadas as devidas especificações e possíveis advertências.

 

Moradores das faixas anteriores que porventura não se imunizaram devem procurar sua Unidade de Saúde referência. A sala de vacinas para 2ª dose que funciona no Centro Administrativo Mariano Pires Pontes, no bairro Bom Jesus, que também vai abrir no dia D com os atendimentos agendados.