Morre o médico do Papa, Fabrizio Soccorsi

Morre o médico do Papa, Fabrizio Soccorsi
Papa Francisco e Fabrizio Soccorsi, médico do Pontífice

Fabrizio Soccorsi, 78 anos, foi internado no Hospital Gemelli por causa de uma patologia oncológica. A morte ocorreu devido a complicações com a Covid-19. Francisco o escolheu como seu médico pessoal em 2015.

L’OSSERVATORE ROMANO

Nascido em 2 de fevereiro de 1942, em Roma, Soccorsi formou-se em medicina e cirurgia na Universidade “La Sapienza” em 1968 e, após ter obtido no ano seguinte a qualificação para exercer a profissão, desenvolveu uma ampla atividade, no âmbito médico e de ensino, até os cargos de chefe do Departamento de Hepatologia e diretor do Departamento de Doenças Hepáticas, aparelho digestivo e nutrição e do Departamento de Medicina interna e especializada do Hospital São Camilo Forlanini de Roma. Ensinou imunologia na escola médica hospitalar de Roma e da Região do Lácio, deu cursos de atualização em patologias do fígado no hospital São Camilo e ocupou a cadeira de medicina clínica e farmacologia na Faculdade de Medicina e Cirurgia da Universidade “La Sapienza”. Também desenvolveu várias colaborações e consultorias no setor público, com mais de uma centena de publicações e contribuições científicas. Ele também foi consultor da Diretoria de Saúde e Higiene do Governatorato do Estado da Cidade do Vaticano e especialista do conselho médico da Congregação das Causas dos Santos.

Em junho de 2017, foi profundamente afetado pela morte de sua filha Cristiana, que morreu prematuramente após uma longa doença. Com delicadeza o Papa Francisco, no santuário de Fátima, onde tinha ido alguns dias antes da morte, o quis ao seu lado no momento de colocar dois buquês de rosas brancas diante da imagem de Maria.

Fonte: Vatican News