Secretaria de Saúde inicia terceiro LIRAa do ano em Timóteo a partir de terça-feira (5)

Secretaria de Saúde inicia terceiro LIRAa do ano em Timóteo a partir de terça-feira (5)

A Prefeitura de Timóteo, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e Qualidade de Vida, realiza entre terça-feira (05) e quinta-feira (7) o terceiro Levantamento do Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa) do ano. 

O trabalho de pesquisa em campo feito pelos Agentes de Combate às Endemias (ACE) do setor de Controle de Zoonoses percorrerão todas as regionais da cidade, iniciando pela Regional Leste que inclui o Distrito Industrial, os bairros Limoeiro, Jardim Vitória, Santa Terezinha, Nova Esperança, Alegre, Eldorado e Santa Maria. O trabalho neste dia também está programado para ser desenvolvido no distrito de Cachoeira do Vale. 

Na oportunidade os ACE´s irão coletar os dados por amostragem que resultará no índice de infestação daquela regional. Essa informação, associada aos trabalhos que já acontecem e são desenvolvidos pelos Agentes direcionam as tomadas de decisões da Secretaria. Em janeiro, o município realizou a primeira pesquisa do LIRAa no ano, registrando um resultado de 5,4%; em abril foi realizado o segundo levantamrnto e o índice foi de 5,1%. 

Essa ação é importante por subsidiar o desenvolvimento das iniciativas de controle e prevenção contra as arboviroses (Dengue, Chikungunya e Zika). Conforme o coordenador do Centro de Controle de Zoonoses, Carlos Alberto Santos, o LIRAa torna possível identificar os principais focos de larvas. 

Ana Amélia Camilo Soares, gerente de Vigilância em Saúde, por sua vez, ressalta a importância de as pessoas se manterem atentas a todos os possíveis recipientes que possam servir de criadouro para larva do mosquito Aedes aegypt. Ela ainda chama atenção para a colaboração dos moradores na luta contínua contra as arboviroses.

Após a conclusão das análises, o setor segue com o trabalho de combate e bloqueio, além das ações educativas e de conscientização junto à população. É necessário que os Agentes de Endemias tenham acesso às residências para realizarem as ações de vistoria. Eles trabalham devidamente uniformizados e com crachás de identificação. Em caso de dúvida, o morador pode entrar em contato com o setor de Controle de Zoonoses pelo telefone 3847-7612.